(98) 98484-7156

NO AR

Rádio Jovem10

www.jovem10.com

Mundo

Palavras que curam

Publicada em 10/08/17 as 22:50h por chamada.com.br/


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: chamada.com.br/)
A batida com o punho na mesa foi tão forte que as xícaras sacudiram! Após respirar fundo, continuou: "Ouça bem o que eu vou dizer a você agora!". Segue uma enxurrada de palavras que se assemelham a estocadas de faca. Totalmente descontrolado, rosto pálido, a língua transforma-se num punhal. E então? Silêncio total! Não se conversa mais um com o outro. Houve uma ruptura e agora não se consegue encontrar um meio de reaproximação. Cada um silencia diante do outro. O ambiente é tenso no casamento, na família. E os filhos? Saem, fogem, para longe, para um lugar qualquer! Assim os perdemos para o mundo!

E na igreja? Ali as vigas estão rangendo já há muitos anos. Ali vemos o "lobo disfarçado de ovelha" se misturando de modo aparentemente piedoso entre os despreocupados filhos de Deus e distribuindo suas máscaras. Os sorrisos forçados procuram desesperadamente ocultar a antipatia. Canta-se hinos que falam do amor de Deus. Reunidos, ouve-se os sermões e se julga, condena, critica e se comemora em conjunto a Ceia do Senhor, se auto justificando.

Quão lastimável é esse teatro apresentado diante de Deus e do mundo! Você tem noção do que de fato está fazendo? Você não tem pleno conhecimento de que toda a legião de anjos está assistindo? Que o céu esfrega os seus olhos e fica chocado com o procedimento mútuo dos filhos de Deus, vendo-os se morderem, se devorarem e tratarem mutuamente sem qualquer consideração? Que testemunho deplorável para esse Senhor Jesus, que deu sua vida em nosso lugar! Foi ele quem disse: "Um novo mandamento dou a vocês: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros" (João 13.34-35).

As palavras ditas por um filho de Deus, que vive em comunhão ininterrupta com o Senhor Jesus, procedem da "farmácia de Deus". Elas curam, edificam, fazem bem, consolam e incentivam. Elas também exortam quando for necessário - e isso amorosamente e com dignidade. Palavras que são expressas debaixo do controle de Deus sempre são um alívio e refrigério, porque são palavras da graça.

O que preenche nosso coração? Não é indiferente o que temos de conteúdo e substância em nosso coração. Como seria possível jorrar água amarga e doce da mesma fonte? A verdade é que recebemos graça sobre graça da sua plenitude (ver João 1.16). Deus não nos presenteou com vida superabundante? Nós todos desfrutamos da misericórdia e bondade de Deus, mas não estamos dispostos a compartilhá-la generosamente com os outros. Quantas vezes, apesar de nossos pecados e falhas, Deus nos exortou, confortou e incentivou amorosamente! Por que razão, então, às vezes somos tão orgulhosos e cruéis e humilhamos os outros com palavras ofensivas?

Querido(a) filho(a) de Deus, você foi chamado(a) para transmitir aos outros aquilo que você recebeu de seu Senhor. O Senhor Jesus deu uma língua de discípulo também a você, para que possa reconhecer o cansado e dar a ele uma palavra de conforto (ver Isaías 50.4). Peça ao Senhor Jesus que conceda a você uma bondade crescente, pois somente assim você será um digno mensageiro das Boas Novas. "Palavras bondosas são como mel: doces para a alma e saudáveis para o corpo" (Provérbios 16.24 - NVT). A alegria genuína provém do relacionamento com o Senhor Jesus e proporciona melhoras, mas o espírito oprimido resseca os ossos (ver Provérbios 17.22).

Não é indiferente o que temos de conteúdo e substância em nosso coração.

Por isso, declare guerra ao inimigo do seu coração. Ele não pode usar as câmaras de sua alma para outras finalidades. Afinal, você é propriedade de Jesus. Não se junte àqueles que causam feridas, mas àqueles que unem corações. Seja um(a) filho(a) de Deus que coloca uma atadura curadora e benéfica no local dolorido e que não aplica sal na ferida. Imagine a qualificação que é dada a quem solta amarras, desata nós, conduz à liberdade em Cristo, quebra o jugo, alimenta o faminto e proporciona abrigo ao estrangeiro e ao coração desamparado. A promessa de Deus é: "Aí sim, a sua luz irromperá como a alvorada, e prontamente surgirá a sua cura; a sua retidão irá adiante de você, e a glória do Senhor estará na sua retaguarda. Aí sim, você clamará ao Senhor, e ele responderá; você gritará por socorro, e ele dirá: Aqui estou" (Isaías 58.8-9).

Que o Senhor Jesus o abençoe com grande alegria na fé e com novo ânimo. A sua recompensa eterna está assegurada! — Manfred Paul



Manfred Paul é autor de muitos livros, folhetos e brochuras que foram distribuídos em mais de 30 países, encorajando milhões de pessoas. Casado há mais de 50 anos, tem 3 filhos e 10 netos. Foi Diretor e encarregado das missões da organização internacional Janz Team (agora TeachBeyond), em Lörrach, Alemanha. Por 24 anos foi evangelista e líder espiritual da missão Werner Heukelbach, onde pregou na Alemanha e no exterior. Também participou de transmissões de rádio em diversos países, como Alemanha, Rússia e Equador. Aos 76 anos, ele não pensa na bem merecida aposentadoria. Toda a sua vida está a serviço do Senhor Jesus Cristo.



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

 
ENQUETE

Nenhum registro encontrado








.

LIGUE E PARTICIPE

98984847156

Copyright (c) 2017 - Rádio Jovem10 - RÁDIO JOVEM 10 - A RÁDIO DO MARANHÃO